Sol é grande vilão para quem sofre de herpes

14/06/2012 09:31

 

Sol é grande vilão para quem sofre de herpes

Alimentação adequada e cuidados com a pele podem reduzir efeitos da doença

O sol do verão pode ser um grande vilão para o aparecimento de herpes, afirmam especialistas. De acordo com o Instituto Protetores da Pele, 92% da população adulta com mais de 35 anos são portadores do vírus. A radiação ultravioleta, mais forte neste período do ano, pode contribuir para a diminuição da imunidade da pele, estimulando o desenvolvimento da doença.

A radiação ultravioleta do tipo A, muito forte no sol entre 10h e 14h, diminui o número de células da imunidade, facilitando vários tipos de infecção”, explica o dermatologista Omar Lupi, presidente do Instituto Protetores da Pele. Segundo ele, quem sofre de herpes deve evitar a exposição ao sol e usar protetor solar para diminuir os efeitos da radiação.

“Em 90% dos casos, os infectados convivem bem com o vírus e vão sofrer com a doença apenas uma vez. Porém, em 10% dos casos, quando há tendências genéticas, a doença vai e volta constantemente. O estímulo pode facilitar o desenvolvimento do vírus da herpes”, ensina.

Lupi afirma que a alimentação pode ser uma boa aliada para evitar a doença. Por isso, é importante evitar certos tipos de alimentos, como chocolate preto, abacaxi, kiwi e sementes oleosas (castanha, pistache e nozes). Bebidas alcoólicas também devem ser evitadas porque baixam a imunidade.

“Ao se evitar o chocolate, as crises também são evitadas ou, pelo menos, são menos agressivas. Isso é essencial para quem tem uma tendência genética. É importante reforçar a ingestão de alimentos, como carne vermelha e laticínios”, reforça.

A herpes é uma doença sexualmente transmissível que pode ser passada através do beijo. Basta o contato com um machucado na boca ou uma ferida na gengiva para transmitir o vírus. Além do tipo labial, a herpes pode ser também genital, transmitida através do sexo oral. Apesar da facilidade de transmissão, em geral, os portadores convivem bem com o vírus.

SAIBA MAIS

 

ARGININA É INIMIGA > Alimentos ricos no aminoácido arginina contribuem para o desenvolvimento da doença, pois estimulam a cápsula proteica do vírus da herpes.

NADA DE CHOCOLATE > Chocolate preto, abacaxi, kiwi, castanha, pistache e nozes, além de bebida alcoólica, contêm arginina e, por isso, devem ser evitados por quem sofre de herpes.

POUCO SUPLEMENTO > Suplementos proteicos também devem ser ingeridos, mas com as devidas precauções.

LISINA É ALIADA > Alimentos ricos em lisina, aminoácido que inibe a absorção da arginina, são recomendados.

MAIS CARNE > Carne vermelha e laticínios devem ser ingeridos por portadores.

 

Jornal O Dia – RJ

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!